De: Nuno Gomes Lopes - "Estrada da Circunvalação - Participação Pública"

O TransportesPublicos.pt, em parceria com a Campo Aberto, a MUBi e a Associação de Cidadãos do Porto, criou um grupo de trabalho visando a discussão e aprofundamento de ideias sobre a Estrada da Circunvalação. Esta via, desligada já da sua função original de barreira alfandegária, manteve-se intransigente durante décadas. A sua envolvente ganhou densidade, tornou-se mais urbana, mas a Circunvalação seguiu um percurso contrário, suburbanizando-se, rodoviarizando-se. O que podia ser uma via estruturante para todos os modos de mobilidade foi, com o tempo, transformando-se numa via rápida urbana, em que os outros utilizadores da via (que não os automóveis) são ignorados.

Estrada da Circunvalação

A resolução dos problemas da Circunvalação tardou não só pela sua extensão (17 km) mas pelo facto de cruzar quatro concelhos. Ao longo das últimas décadas foram surgindo muitas hipóteses de resolução. A última foi proposta pela Área Metropolitana do Porto, que criou o Programa Metropolitano para a Qualificação Urbana da Circunvalação (PMQUC), na qual está inserida a Sala do Risco, onde está a ser preparado o projeto, a concluir até julho.

Achamos que a sociedade civil tem um papel determinante no desenho do futuro da Circunvalação. Nesse sentido, as associações referidas irão reunir-se durante a próxima semana para preparar uma reunião com os responsáveis do PMQUC. Gostaríamos de contar com a colaboração de todos, e nesse sentido pedimos que todas as sugestões e ideias sejam enviadas para este email. Contamos convosco.

(publicado também aqui)